Dicas

Sugerimos alguns cuidados especiais antes da compra de seus produtos de madeira :

1.    EMPRESA FORNECEDORA

Verifique se a empresa fornecedora onde você está comprando é idônea, emite notas fiscais (sua garantia), é responsável e se a qualidade do produto que está comprando é a mesma que irá receber.

2.    QUALIDADE

Converse com o vendedor e identifique bem o tipo de produto que você procura : objetivo de uso, local de instalação, tempo de uso, custo, etc.. Há alternativas específicas que podem se adaptar ao que você necessita a um custo razoável, se necessário.
Os produtos seguem padrões :
- EXTRA (ou  PRIMEIRA – CERNE) : Madeira seca naturalmente ou em estufa, selecionadas, SEM brancal, com maior uniformidade de tonalidade.
COMERCIAL (RAJADO) : Madeiras que apresentam defeitos de fabricação, com brancal, nós, revesos, furos de broca, etc.

3.    SECAGEM

Observe se o produto que você está comprando está nas condições de umidade necessárias para sua utilização : Seco em Estufa, Seco Natural ou  Natural (Verde).
Quaisquer delas tem a devida aplicabilidade, entretanto é importante que você compre o produto certo para evitar problemas futuros.

- Seco Estufa : O processo de secar em estufa agiliza o processo de secagem da madeira e consequentemente a  confecção do produto final. A umidade ideal da madeira varia em função da umidade relativa do ar da região onde esta será colocada. Só após a madeira estar na umidade ideal para a região é que se processará o beneficiamento e classificação da madeira, a fim de reduzir a variação da tonalidade e empenamento.

- Seco Natural : A madeira é tabicada (gradeada) e empilhada adequadamente em ambientes arejados para que reduza a sua umidade até atingir a umidade ideal para o beneficiamento e confecção do produto final. Dificilmente um produto com secagem natural chega ao nível de umidade de um produto seco em estufa, a menos que o fabricante ou distribuidor deixe o produto muito tempo nessas condições (varia de acordo com o tipo de madeira, mínimo de 120 dias para tingir a umidade aceitável, não a ideal).

- Natural (Verde) : O produto natural é serrado, beneficiado e vendido em seguida, não havendo nenhuma preocupação em reduzir sua umidade.

4.    PERDAS

4.1) PISOS E FORROS – As perdas são variáveis em função da maneira de assentamento do piso. Por convenção, estima-se que a perda do material quando da instalação reta é de 10%, na instalação diagonal é de 15% e na colocação diagonal com tabeira ou modelo “espinha de peixe” é de 20%. É importante considerar o acréscimo referente às perdas para que não falte material na obra. No caso de assoalho E4E que é fornecido em comprimentos menores pode-se considerar perda menor (2%) para instalação reta.

4.2) TELHADO – É importante considerar perdas referentes a emendas de peças ou beirais, pois como trata-se de peças sob medida para cada obra, a devolução não é possível, bem como muitas vezes o local da emenda deve ser analisado em função da estabilidade do telhado. Há que se considerar também a correta inclinação prevista para o mesmo, pois há acréscimos de medidas se as mesmas forem efetuadas pela planta baixa.

5.    INFORMAÇÒES TÉCNICAS

- Movimentação da madeira: Sendo a matéria material higroscópico (o seu volume varia em função da temperatura e umidade do local), pequenas variações nas dimensões das peças ocorrem durante toda vida útil do piso. Isto é próprio da madeira, ou seja, acomodação da madeira após a instalação. A intensidade deste processo dependerá de :
a) Umidade relativa do ar
b) Condições climáticas (inversão térmica)
c) Secagem da madeira
d) Condições que se encontra o contrapiso (no caso de assoalhos, tacos ou parquês)
e) Largura das tábuas utilizadas (no caso de assoalhos)
f) Qualidade da mão-de-obra de colocação (é importante que seja especializada e treinada).

No caso da madeira não estar adequadamente seca podem ocorrer : leve canoamento e pequenas frestas. Estas eventuais alterações não são consideradas defeitos de fabricação e portanto, não podem ser objeto de garantia.

- Tonalidade: as madeiras, por serem produtos naturais, possuem variações de tonalidade (às vezes até na mesma peça), sem que isto a desclassifique ou que seja considerado defeito. Isto é uma de suas características mais marcantes e que a enobrece e torna inigualável . Por isto, qualquer madeira que você adquira, mesmo que em pequenas quantidades poderá apresentar variações de tonalidade. Há entretanto casos em que os produtos são rajados, que é quando a madeira possui parte do cerne (parte interior do tronco, mais curta) e parte do alburno (parte externa do tronco)..


- Emendas: Devido à existência de classificação no que se refere a furos, nós e outros defeitos naturais da madeira, as tábuas tem vindo mais curtas. Porém emendas podem ser feitas com cuidados sem atrapalhar a beleza final do piso ou telhado. Nos assoalhos as emendas se fazem em cima dos barrotes ou no espaçamento de fixação do contrapiso. Nos telhados as emendas se fazem  em diagonal, e se for o caso, coloca-se chapa metálica e parafuso para melhor fixação.

- Empenamento: Pisos (assoalhos, tacos e parquês)  não empenam em condições normais.  Entretanto, se houver infiltrações, umidade excessiva vão empenar como qualquer madeira em situações adversas.

6.    PREÇOS

Sugerimos que após verificar todas as dicas acima, compare sempre o preço pelo valor total do seu orçamento, bem como as condições de pagamento, frete e prazo de entrega propostos.



TELEFONE: 51.3593-2333

E-MAIL: amoraes@madeirasamoraes.com.br

NOVO HAMBURGO / RS